logo CAEMI PANDEMIA.jpg

CENTRO DE ACOLHIDA ESPECIAL PARA MULHERES IMIGRANTES

coronavirus-2019-ncov-e-fundo-de-virus-com-celulas-da-doenca-surto-de-virus-covid-19-corona-e-conceito-de-risco-medico-para-a-pandemia_139523-182.jpg

         O mundo vivência com perplexidade a crise ocasionada pelo Sistema Capitalista: retirada de direitos sociais e trabalhista, discursos falaciosos sobre  empreendedorismo, eu empresa, microempreendedorismo, MEI entre outros ataques à classe trabalhadora (os pobres). Proletários de todo mundo.

        Diversos países fecharam suas fronteiras e impediram a entrada de pessoas (trabalhadoras/ trabalhadores) que foram expulsos de seus países e se viram obrigados a buscar sua subsistência em outro país.       

 

Centro de Acolhida Especial para Mulheres Imigrantes.

 

fachada.jpg

Centro de Acolhida Especial para Mulheres Imigrantes

 

    Em 2006, por meio de sua Mantenedora - Associação Palotina deu início ao atendimento às mulheres Imigrantes egressas do sistema prisional e refugiadas. O Projeto, conhecido como - "Casa de Acolhida", buscou e busca ser uma referência efetiva na acolhida fraterna e humana entre as conviventes.

           Os grupos em questão ao chegarem no Brasil são acolhidos na casa a qual oferece moradia  pelo período de 12 meses, com funcionamento de 24 horas ininterruptas.

​     Nesse período foram acolhidas mais de 95 nacionalidades,  entre mulheres e crianças com suas diversas demandas,  as quais são atendidas pela equipe profissional e ou encaminhadas para o atendimento na rede pública, até serem encaminhadas para o seu país de origem ou terem condições para estabelecer sua própria moradia no Brasil, conforme legislação vigente sobre a Imigração.

​     Os desafios a serem enfrentados para promover a autonomia das mulheres e de seus filhos são diversos, entre esses, destaca-se o acesso à atividade remunerada, a inclusão das crianças em creches e escolas, para que as mães possam realizar cursos de qualificação profissional, entre outros.

​     Embora exista um discurso falacioso, o qual apresenta o Brasil como sendo um país acolhedor e aberto à diversidade, na prática não é o que essas pessoas enfrentam, ao contrário, vivenciam o preconceito, a discriminação, a ausência de documentação pessoal devido à morosidade e burocratização dos órgãos públicos, o acesso ao  trabalho precarizado, entre outros obstáculos a serem enfrentados.

​   Para superar tais desafios, a Associação Palotina tem empenhado esforços e investe em profissionais qualificados para garantir um atendimento de qualidade, contudo, faz-se  necessário ampliar e aumentar os investimentos, por isso, a Associação busca cada vez mais diversificar a sua Rede Social de parceiros.

​   Com esse objetivo e conhecendo a necessidade desse público, buscou-se parceiros que pudessem financeiramente contribuir para a ampliação, fato que ocorreu em junho de 2015, quando se efetivou junto a SMADS uma parceria com vistas ao atendimento de um número maior de imigrantes, contudo, sem perder de vista seu ponto de partida:  ACOLHER - EDUCAR - FORMAR para uma sociedade mais justa humana e fraterna.

                                                                                     

             Direção.

                                                                                          Associação Palotina.

Projetos CAEMI_PALOTINAS

 

     Através do vídeo anunciamos os benefícios imensuráveis do projeto de energia solar em que retornará em ajuda para moradoras, colaboradores e projeto.

Cadastre seu e-mail

É uma alegria receber  seu contato, responderemos assim que possivel.

casa.JPG